You Matter...

Atualizado: 2 de Dez de 2019


Quando somos crianças, muitas vezes, sentimo-nos invisíveis perante aqueles que nos rodeiam. Ainda não sabemos muito bem como as coisas funcionam e enquanto não encontramos o nosso lugar no mundo, é comum sentirmo-nos assim.


Desvendar a nossa identidade e melhorar o nosso autoconceito, fazem parte do nosso processo de crescimento. Com o tempo, “aperfeiçoamo-nos” e acabamos por ficar a saber melhor como atuar para passarmos a ser ouvidos e vistos. Mas, em crianças, geralmente formamos crenças que se entranham e nem damos por isso.


Quando assim é, levamos a tal sensação de invisibilidade para outros níveis. Sem nos apercebermos, vamos deixando minar subtilmente a nossa autoconfiança e autoestima, normalmente, de um modo impercetível para os outros. Aquela sensação de não se ser reconhecido pelos adultos ou pelos amigos, leva muitas vezes a um sentimento de não se ser suficientemente bom, que normalmente se transforma num “não mereço ser amado, ter atenção” ou algo semelhante. O processo infiltra-se em nós enquanto crianças e vai permanecendo muitas vezes de forma meio adormecida. Não fazemos a mínima ideia do que se está a passar.


Anos mais tarde, começamos a ganhar consciência dos nossos processos internos ao darmos conta que algo nos magoa ou não corre da forma como gostaríamos. Sentimos falta de amor ou falta de confiança em algumas partes de nós e achamos que sempre fomos assim e que assim seremos para sempre, que, simplesmente, não nos está destinada a confiança que outros têm em si ou aquela forma de amor que gostaríamos de ter e não temos. E conformamo-nos.


Mas isso não tem de ser assim, as crenças que “comprámos” em criança podem ser devolvidas à procedência. Agora, podemos substituí-las por outras, mais favoráveis.

Para isso, precisamos de voltar a acreditar no nosso valor, no nosso natural merecimento e no poder que temos em alterar as circunstâncias da nossa vida. Olhemos para aquela parte de nós que se sente invisível e mostremos-lhe que isso não é verdade. Essa era apenas a visão de uma criança e que refletia a sua perpetiva assustada do mundo. Mas hoje, somos adultos, temos o poder de nos fazer visíveis ao mundo – é uma escolha nossa.


Acredite mais no seu merecimento natural. Por que não haveria de merecer ter a atenção e o amor? Todos merecemos, sem exceção. Comece por si, dê-se mais atenção e amor. Trate-se com o merecimento devido, sinta-se totalmente merecedor. Resgate a sua confiança, lembrando-se de tudo aquilo que traz ao mundo de forma única.


Você importa, é tudo menos invisível!





Não perca mais tempo, tome as rédeas da sua vida e concretize os seus sonhos. Comece a viver com mais sentido, seja mais confiante, alegre e abundante. Contacte-me, para eu o ajudar.


Irei acompanhá-lo no seu processo de transformação pessoal no qual se compromete a criar a melhor versão de si - uma versão mais consciente, feliz e realizada.

A única versão que deveria existir!


Envie uma mensagem para mtp@ritapereiragomes.com


16 visualizações
Entre em contacto Comigo:

 

Envie-me uma mensagem, expondo as suas questões e indicando o que quer manifestar nos próximos 3 a 6 meses da sua vida. 

Não deixe que nada o impeça de realizar os seus maiores sonhos. Conte comigo para o ajudar!

Atenção: é importante verificar depois se o email de resposta à sua mensagem não foi para spam.

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Google+ Icon

© 2019    Rita Pereira Gomes - MTP